O Rapto de Perséfone – Parte VII

17 08 2009

E aqui vamos nós com mais um capítulo da história de Coré, mas antes quero dar algumas considerações básicas sobre os últimos capítulos:

Nem sempre Janus é representado com uma face masculina e outra feminina, muitos artistas já o representaram com duas faces masculinas, o que não está bem correto, pois Janus, como deus supremo na cultura Etrusca, também representava a união do masculino e do feminino em uma única entidade. Particularmente eu acho essa coisa de meio homem, meio mulher meio estranha, imagine você na balada ai encontra aquele broto maroto, tá lá passando a conversa ai ela se vira e um rosto barbudo te dá uma piscadela… Imagino que seria uma experiência deveras traumatizante, mas vai saber há quem goste dessa coisa meio a meio ai, não é por acaso que existem coisas como o/a Buck Angel (Não sabe quem/o que é? Procure no google por sua conta e risco, basta por na pesquisa de imagens, preferências e em “filtragem safe search” escolher a opção “não filtrar meus resultados de pesquisa” e em “salvar preferências” e procurar por “Buck Angel”… Boa sorte)…

Outra curiosidade sobre o Janus é que ele podia ver tudo (ou tudo o que não estivesse escondido), pois sua visão cobria o mundo inteiro. Em Roma, nos períodos de guerra, as portas de seus templos eram mantidas abertas para que ele pudesse ver tudo o que se passava e só se fechavam quando a paz era finalmente estabelecida.

Também notei que vocês tudo não prestam atenção, no ultimo post da história de Ganimedes eu disse que Zeus havia o homenageado com uma constelação, mas nunca disse qual era a constelação, bom… Essa é a constelação de Aquário!

photoaquarius

– Pera ai!

– Que foi?

– O que tem a ver Aquario com Ganimedes?

– Ganimedes se tornou o copeiro dos deuses, esqueceu?

– E dai?

– Aquarius era a anfora usada para servir as bebidas, tipo assim:

Repare na anfora que ele segura...

Repare na anfora que ele segura...

– Entendeu?

– Entendi!

Outra coisa é que fiquei levemente impressionado que até agora nenhum vegetariano veio reclamar do quinto capítulo, provavelmente isso se deve ao fato de este blog não ter popularidade o suficiente para atrair a atenção (e o ódio) de gente como a la chica… Talvez eu devesse começar a divulgar a página nas comunidades deles no orkut…

– Poseidon!

– Fala…

– Quem é a La Chica?

– Uma boca suja ai…

– Hum…

Ah, pra quem reclamou que a foto da boca postada no capítulo anterior era nojenta, saibam que o tártaro ali é apenas o amarelinho dos dentes, o resto é apenas a boca normal de um cachorro… E tem gente que beija os seus cãezinhos de língua…

– Tipo quem Poseidon?

– Uma boca suja ai…

– Ah… hã?

– Enfim! Vamos para o próximo capítulo!

———————————————————————————————————-

As vinte e quatro horas haviam se passado e Deméter telefonou novamente para Zeus:

– ZEUS!

– Oi Deméter…

– VAI ATRÁS DA CORÉ AGORA?!?!

– Calma, calma…

– CALMA O CACETE, SE NÃO DESCOBRIR ONDE ELA ESTÁ EU COMO O SEU FIGADO!

– Er… Sabe, eu já sei onde a Coré tá…

– AI SÉRIO!?! Zeus eu te amo seu fofo, onde a minha filha tá? Se me disser agora tenho uma surpresinha pra ti!

– Hum, uma surpresinha é?

– Sim sim, cadê ela?

– Hades levou ela pro submundo!

– QUE!?! NAQUELE BURACO? COM AQUELE FAVELADO? ZEUS SEU IMBECIL, TÁ FAZENDO O QUE QUE AINDA NÃO FOI BUSCAR ELA!?!

– Hã?

– VAI TRAZER ELA DE VOLTA AGORA SEU PALERMA!

– EPA, EU SOU O DEUS DOS DEUSES E VOCE NÃO PODE FALAR ASSIM COMIGO!

– Zeus…

– SIM?

– Eu sou uma mãe desesperada atrás da filha e na TPM então FAZ O QUE EU TO TE DIZENDO O CARALHO!

– Sim senhora…

– ENTÃO VAI LOGO!

– Mas tem um problema…

– QUAL?

– Não dá pra entrar assim na maior lá no submundo sabe, ele vai ter que devolver ela por conta própria… Deméter?…

A deusa largou o telefone e sentou-se na poltrona, não sabia mais o que fazer ou o que pensar, sua filha podia estar perdida para sempre e ela não conseguia aceitar a idéia.

No dia seguinte Hades foi até a cela onde Coré estava presa e destrancou a porta:

– Er… Coré?…

– Que foi?

– Quero faze um acordo contigo…

– Acordo?

– É, vo te dexá i embora saca?

– Posso ir pra casa?!

– Fica calminha ai que num é bem assim…

– Hã?

– Ce vai pode i pra casa, mas não agora…

– Como assim?

– Ce vai passa um tempo aqui e depois, se num quisé mais fica vai pra casa…

– Quanto tempo?

– Uns meses só, não muita coisa…

– Daqui a alguns meses posso ir pra casa?

– Pode, mas tem uma condição…

– Que condição?

– Vai ter que seguir as regras da casa…

– Regras?

– É, não é muita coisa, é só uma na verdade…

– Qual?

– Quem entra aqui não pode comer nada… Se comer é obrigado a passar a eternidade aqui em baixo…

– Vou ter que passar meses aqui em baixo sem comer NADA?

– É, se conseguir tá livre, se não der fica aqui, beleza?

– …

– O que me diz?

– É o único jeito?

– É…

– Certo…

– Beleza, Pandora vai te mostrar teus novos aposentos…

– Quem?

Hades ignorou a jovem e saiu do quarto, neste momento Pandora entrou e se apresentou:

– Olá, eu sou Pandora, vou lhe mostrar seus novos aposentos…

Coré apenas olhou para a moça que se apresentava e se levantou para segui-la, no caminho ela reparou que, mesmo no submundo, um local repleto de morte e sombras, nem tudo era negro e sombrio. Lá haviam jardins, repletos de arvores e flores, algumas bem conhecidas da garota, pois também existiam na superfície, outras nem tanto, pois só cresciam lá, outra coisa que chamou sua atenção foram as paredes e rochas do lugar, ela não havia reparado antes, mas muitas delas possuíam cores variadas ou faiscavam com luzes coloridas. Os novos aposentos  de Coré eram bastante luxuosos, como só a morada de um dos três maiores deuses poderia proporcionar.

– Três maiores deuses? Quem são isso?

– Ora, Eu, Zeus e Hades, somos os três maiores deuses do panteão grego!

– Porque?

– Porque fomos nós os primeiros deuses e os responsáveis por trancar os titãs no Tártaro.

– Trancar os titãs? Como assim?

– É uma longa história, fica pra depois…

– Hum…

Coré olhou pela janela do palácio e viu um enorme jardim, repleto de arvores frutíferas, Pandora se aproximou da jovem:

– O submundo reflete perfeitamente a alma de Hades sabia?…

– Como assim?

– A principio causa uma péssima impressão, é escuro e sombrio, há lugares repletos de dor e sofrimento, mas se pararmos para observar melhor, verá que a beleza também está presente aqui… Assim como Hades…

– Como pode dizer uma coisa dessas? Ele me trancou aqui…

– Isso é verdade, ele é capaz de coisas terríveis, mas ele também tem um bom coração, ele foi o único a se apiedar de mim quando todos os outros deuses quiseram me destruir… Enfim, não tenha tanta pressa em julga-lo, é a primeira vez que ele se apaixona…

– …

Pandora se retirou e Coré ficou perdida em pensamentos, ela observava os jardins, pensando no que acabara de escutar, estava confusa. A garota fechou os olhos por alguns instantes e então os reabriu, ela não ficaria lá para sempre, estava decidida a ganhar a aposta com Hades e sua liberdade de volta!

O capítulo de hoje fica por aqui, não está lá tão engraçado mas ele é mais uma ponte para o próximo que provavelmente será o ultimo desta história! O que acontecerá com Coré? Deméter voltará a ver sua filha? Fiquem ligados no próximo capítulo e vocês saberão!

– Pera ai, a historinha da Perséfone já vai acabar no próximo capítulo?

– Sim!

– Mas e onde tem Perséfone nessa história?

– Já disse que Perséfone e Coré é a mesma pessoa…

– Mas ninguém chamou ela de Perséfone até agora! Como isso!?

– No próximo capítulo você descobrirá, meu pequeno mandrião!

– Pequeno o que?

– XIU!

Mais uma coisa! Resolvi que vou começar a esclarecer as duvidas do pessoal, então se alguém tem algum comentário ou duvida que gostaria de ver respondido no blog, basta deixar por comentário. Vale duvidas sobre a vida dos deuses, deuses específicos, sobre as histórias, pedidos de novos mitos a serem postados, enfim responderei o que for possível.

E fica de presente uma imagem do lado bonito do submundo:

Acredite se quiser, isso também é o submundo!

Acredite se quiser, isso também é o submundo!

Anúncios

Ações

Information

36 responses

17 08 2009
Ory

Nha, kawaii ^^
Senti falta do resto da história, dmeorou!! XD

17 08 2009
Nity

Amo essas histórias =~~

18 08 2009
Astréia

Pra variar vou ficar devendo uma leitura do post. Mas não se preocupe que minhas dívidas eu costumo pagar! rs. Até porque quero seguir a história…

Vim te agradecer pelas palavras carinhosas. Obrigada mesmo! Já estava para te visitar, mas com a mudança de template e etc, (coisa que eu nem imagina fazer sozinha, no entanto com persistência, vontade e disposição é possivel alcançar o improvável) acabava sem tempo.

18 08 2009
Juliane

Pelo que me lembro do resto da história, duvido que tu consiga terminar em apenas mais um post. Mesmo porque tu não é um grande fã de síntese. Pode ser uma característica genética, mas prolixidade é uma marca nossa, isto é, da família desse corpo que tu estás habitando. Estarei esperando pela continuação.

18 08 2009
Lorena

SÓ MAIS UM ??? =O
Oo
😦

18 08 2009
Ichi

O capítulo de hoje fica por aqui, não está lá tão engraçado mas ele é mais uma ponte para o próximo que provavelmente será o ultimo desta história! O que acontecerá com Coré? Deméter voltará a ver sua filha? Fiquem ligados no próximo capítulo e vocês saberão!

O QUE É ISSO??? NOVELA DO SBT?

19 08 2009
Panda

bem interessante a história, vou pegar as primeiras partes para entender melhor…

20 08 2009
Yasmin

aaaaaah ja vai acabar? :t
quero mais historias assim: viciantes *-*
adorei a imagem do sub mundo, to fugindo pra la shauihsiuahsu
como sempre teu post ta maravilhoso 😀
bjbj

20 08 2009
giullianne

Olá

Muito obrigada pela visita em meu blog. O seu é muitíssimo interessante.
Não sei lhe dizer que flores são aquelas, apenas fiquei encanta com as cores e a beleza.
bjs

20 08 2009
marretada

Eu li mas fiquei em entender um pouco a história de Coré, preciso ler outros post.

21 08 2009
Gabriel Ribeiro

Isso é uma história que você construiu ou ela já tinha sido escrita por alguém antes?

Muito bem estruturada a narrativa. Deixou vontade de ler o próximo “episódio” hehe.

Té mais!

21 08 2009
J. C. David

nossa, a história é muito boa…dava um bom livro, parabéns.

e obrigado pelo comentário…

21 08 2009
Rubens Correia

A cada capítulo a história fica mais interessante, desde a última vez que estive aqui que comecei a acopmpanhar tudo isso, muito bacana

BLOGdoRUBINHO
http://www.blogdorubinho.cjb.net
http://www.twitter.com/blogdorubinho

21 08 2009
Eduardo MJ

quero uma versão narrada pelo cid moreira
xD

24 08 2009
Mana

Mano Hades da quebrada, yo
Quero ver a continuação D:

25 08 2009
Marcelo Augusto

Hm, eu vou começar a ler tudo desde o começo para poder me situar, mas até onde eu vi, adorei o tema com clima mitologico e gostei do modo que tu escreve!

amanha, quando tiver mais tempo, passo, leio do começo e comento!

abraços.

25 08 2009
Pobre Esponja

Não capteo bem, mas me ligo nesses lances greco-romanos e tals…

bj
Pobre Esponja

25 08 2009
Pobre Esponja

capteo=captei

25 08 2009
rogeriosilva

peguei a storia andando…mas parece ser boa…e vc memso que faz..????….

25 08 2009
Daniel Silva

Que história, hein? Até onde vai essa saga? Tenho inveja das pessoas que têm esse fôlego pra escrever.

Abraço

25 08 2009
Paulão Fardadão Cheio de Bala

Qta comprideza! Melhor passar terça.

25 08 2009
YASER

Acredito que vc ja deve ter lido sobre a Eliada, contos sobre Troia e Esparta… Vão lanças agora refilmagem de Clash of Titans ( Furia de Tiatans) refilmagem do Classico oitentista!
Gostei muito do texto!

25 08 2009
erich - 30 e poucos anos

Ja começou mandando muito bem nas considerações…o texto é ótimo…muito divertido e fácil de ler

25 08 2009
Mimi

ihhhh..acho que vou ter que voltar pro inicio…mas coim todo prazer pq amo essas historias.!

parabens,.

25 08 2009
J.F. Marques

Interessante a sua história, tem uma boa capacidade para escrever, continue fazendo bom uso disso. Parabéns.
Abraço.

25 08 2009
Net Esportes

poseidon ??? puxa sensacional ……… vc precisa fazer um e-book

25 08 2009
Felipe

Acho que um resumo ajudaria as pessoas a lerem toda a história, ou, vai ver eu sou preguisoso mesmo xD, gostei do blog super bem feito 😉

25 08 2009
neowellblog

Que legal! Seu blog é praticamente um livro for free! Uau, primeiro blog que visito que é irmão de template! Nossos blogs tem templetes parecidos! XP Legal seu post e blog pois me lembraram a visita que fiz ao Clube Naval! ^^ Gostei mesmo!!!

Visite meu blog!!! Grande abraço!!

http://neowellblog.wordpress.com/

25 08 2009
SurfinSantos

q história maluka;;;;gostei….

deve ler bastante token né?
legal….
gostaria de ler o começo…mas agora nao estou com mto tempo…
vou tentar voltar mais tarde pq eu gostei msmo

abraços

Aloha

http://surfinsantoss.blogspot.com/

25 08 2009
Felipe

Ta , já vim aqui hoje então esse comentario e só pra ter masi um mesmo xD

25 08 2009
Daniel A. S.

Sua história está muito interessante, já estou esperando o proximo capítulo…

http://daniel.a.s.zip.net

25 08 2009
Inez

Sempre que venho aqui fico admirada com sua criatividade e capacidade de brincar e criar em cima da filosofia e simbologia dos deuses da antiguidade.
Parabéns!

25 08 2009
Daniel A. S.

Sua história está muito interessante, já espero o proximo capítulo…

http://daniel.a.s.zip.net

25 08 2009
Rubens Correia

Esse Deméter é um fuleragem, quer mandar demais nos outros.

BLOGdoRUBINHO
http://www.blogdorubinho.cjb.net
http://www.twitter.com/blogdorubinho

27 08 2009
O Rapto de Perséfone – parte VIII « Domínio Marinho

[…] – Ia sim, voce disse isso no final do ultimo post ó! […]

28 08 2009
Aristides

meiirmão parabéns!! a historia q tu ta postando é muito louka, e muito boa!! valeu pelos conselhos, vou tentar melhorar minha gramática, abraç

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: