O Rapto de Perséfone – Parte V

24 07 2009

Mal o atraso no post, mas a internet lá de casa foi pra banha e eu não to conseguindo arrumar, e o pior é que dessa vez aqueles veados da brasil telecom não tem nada a ver com isso… Ou tem e eu ainda não descobri…

– Deuses não deveriam saber tudo?

– Não, deuses gregos não são oniscientes…

– Que sem graça!

– Fica quieto ou eu te mostro como o Tártaro pode ser engraçado…

– Mas eu escovo os dentes direitinho três vezes ao dia! Você não?

– Não to falando desse tártaro, to falando DESSE aqui!

O Tártaro!

O Tártaro!

– Já to quieto…

– Isso ai!

Enfim, pra compensar o mega atraso eu deixo um post bem longo com um bom desenvolvimento da historia!

—————————————————————————————————————

Parados diante da porta de uma grande casa estavam Hades e Thanatos. O senhor dos mortos olhou a estrutura de alto a baixo, ela era bastante modesta para se tratar da casa de um deus, e olhou de canto para o amigo:

– É nesse barraco mesmo?

– Pode crê…

– Beleza!

Hades bateu na porta e esperou alguns instantes até que alguém viesse atender, quando a porta se abriu ele levou um susto:

– C-Coré? Você por aqui?

– Ta afim dela é?

– Hein?

– E ai Hades, vai querer a pílula vermelha ou a azul?

– Morfeu seu merda!

– Moleque, vai chama teu pai… – Thanatos se meteu na conversa.

– Claro, tio…  Entrem…

Morfeu deu passagem para Hades e Thanatos que logo entraram na casa e sentaram-se em um sofá confortável enquanto o rapaz ia chamar seu pai:

– Pera ai!

– Que foi?

– Não entendi porque o Hades achou que o Morfeu fosse a Coré! Esse Morfeu tem cara de mulherzina é?

– Não, senhor personagem incógnito, ele não tem cara de mulherzinha, na verdade nem cara ele não tem…

– Como assim?

– Ele não tem forma, esqueceu?

– Ah é! Então como faz pra ver ele?

– Ele é a personificação dos sonhos, quando te dizem para dormir nos braços de Morfeu estão te desejando bons sonhos…

– Tá, mas porque a Coré?

– Porque Morfeu tem o hábito de assumir a forma de quem amamos mais, mas ele também pode assumir outras formas…

– Entendi…

– Enfim, continuando com a história…

Hades e Thanatos estavam sentados no sofá quando uma voz chamou sua atenção e eles se viraram pra ver:

– O que vocês querem?

– Fala Hypnos!

– Oi mano…

– Então, senta ai, o Hades tem um serviço pra ti!

Sem falar nada Hypnos sentou-se em uma poltrona e olhou para Hades com uma expressão séria:

– Que serviço?

– O negócio é o seguinte… Tá sabendo a Coré?

– Sim…

– Vo dá uns cato nela, só que a velha da mãe dela tá sempre de olho e não vai libera, saca?

– E o que eu tenho a ver com isso?

– Ce vai por a veia pra durmi enquanto eu do o fora cá mina, tendeu?

– Entendo…

– E ai, acha que dá? Tipo… É uma deusa…

– Sem problema, tenho meus métodos… Ela não vai acordar tão cedo…

– To ligado, saca só… A Coré sai todo o dia de manhã pra vadia no bosque com uma amiga dela, amanhã quando ela sai ce coloca a veia pra durmi e eu largo fora cá filha dela! Se fize esse trabalhinho pra mim eu prometo te recompensa legal tá sabendo?

Hypnos abriu um sorriso perverso e apertou a mão de Hades, os três deuses se levantaram:

– Vo vaza então… E Hypnos…

– Sim?

– Não vo aceita vacilo…

– Amanhã você terá a sua garota e eu a minha recompensa…

– Vambora Thanatos…

Os dois deuses vindos do submundo voltaram ao seu lugar de origem e Hypnos começou a organizar tudo para a tarefa à qual havia sido incumbido.

O dia havia amanhecido tranqüilo no Olimpo. Como sempre Coré saiu correndo de casa para passear com Ciané, a garota sumiu de vista ao dobrar uma rua sem perceber que a distancia um vulto suspeito a observava. O vulto sorriu e logo um rapaz de roupa social, sapatos bem engraxados e cabelo penteado bateu na casa de Deméter. A deusa abriu a porta e olhou o rapaz de alto a baixo.

– Que foi?

– Olá! Eu sou testemunha de Jeová e vim falar sobre a palavra do Senhor nosso Deus!

Hypnos quando moleque passeando com sua mãe, Nix (ou Nyx)

Hypnos quando moleque passeando com sua mãe, Nix (ou Nyx)

– Ô moleque…

– Sim senhora?

– Faz idéia de onde você está?

– Deveria?

– Sabe quem eu sou?

– Hummm… Sim?

– Pois é, eu sou Deméter… Uma DEUSA!

– e?…

– E VOCE QUER PREGAR A PALAVRA DE UM DEUS PRA OUTRO DEUS!?!?

– Er… Mas esse é tipo… O deus?

– SOME DAQUI!

O moleque saiu correndo enquanto Deméter batia a porta. Já fora da vista da deusa Hypnos tirou o disfarce. Ele estava surpreso com o fracasso de seu plano, mas não havia se dado por vencido, ele tinha uma carta na manga, algo que certamente colocaria aquela velha para dormir! Enquanto isso, no submundo, Hades havia terminado os preparativos para o plano e já observava Coré passeando com Ciané pelo bosque através de um poço mágico:

– Bródi…

– Fala truta…

– A Coré já tá no bosque, o que o teu mano tá fazendo que ainda não boto a veia pra durmi?

– Relaxa que o cara é bom no que faz…

– Espero…

Enquanto os dois esperavam no submundo, Hypnos tentava mais uma vez bater à porta de Deméter:

– O que você quer?

– Olá, a senhora é a deusa das colheitas, vegetação e aquela coisa toda certo?

– Eu mesma…

– Sabe, sou um grande fã seu e queria trocar uma idéia sobre esse negócio de vegetação e tal!

Thanatos levando mais uma alma...

Thanatos levando mais uma alma...

– … Fã meu?…

– Sim!

– Falar sobre o que eu faço e tudo o mais?

– Exato!

– Tá bom, entra…

– ISSO!

– Que?

– Nada não!

– Sei…

Finalmente infiltrado na casa de Deméter, Hypnos, devidamente disfarçado, sentou-se em um sofá e ficou olhando para a deusa com fingida admiração:

– Então, sobre o que quer falar exatamente?

– Bem, é o seguinte… Eu percebi que embora você seja a deusa da vegetação e das colheitas, os sacrifícios à sua pessoa incluem animais…

Exemplo de ação pacifica da ALF financiada com dinheiro do PETA (na foto: incendio em abatedouro da perdigão)

Exemplo de ação pacifica da ALF financiada com dinheiro do PETA (na foto: incendio em abatedouro da perdigão)

– Naturalmente, eu e minha filha os comemos…

– Pois é, é sobre isso que eu queria falar!

– Sobre o que eu como?

– Exato!

– Prossiga…

– Você já conhece os benefícios de uma dieta vegana??

– Hein?

– É! Tipo, se livrar de todas essas coisas que você consome as custas do sofrimento de milhares de animais apenas para satisfazer seu paladar! Adotando uma dieta vegetariana você contribui para um mundo melhor, mais limpo, mais colorido, mais fofo e iluminado! Além de fazer bem para a sua saúde!

– Como assim?

– Como você pode ver nestes documentos, existem provas de tudo o que vou te dizer!

– Hummm… Vejo que todos eles provém das mesmas fontes, uma tal de PETA?

– Não! Temos também documentos do instituto Nina Rosa! essas são instituições super sérias que batalham por um mundo melhor e mais justo através de movimentos maravilhosos totalmente pacíficos e éticos!

– …

Enquanto isso, no submundo, Hades já começava a perder a paciência e Thanatos tentava acalma-lo:

– Isso tá demorando DEMAIS!

– Relaxa truta, o mano vai consegui, ele é bom no que faz, ninguém consegue por alguém pra durmi como ele, ele é o deus do sono pô!

– Já faz duas hora que ele tá passando a conversa na veia, não vai acaba nunca?

– Dá um desconto bródi, é a Deméter, é deusa, não cai nessas como qualque otário por ai…

– Hunf…

E na casa de Deméter:

– E como você pode ver neste gráfico aqui, para ser produzido um quilo de carne são necessários 30 mil litros de água! Sem contar que as flatulências destes animais afetam diretamente a camada de ozônio! E veja só este outro exemplo aqui, os animais consomem mais de 60% dos grãos produzidos na agricultura, grãos que poderiam ser consumidos por pessoas ou melhor, que seriam dados de graça a todos os famintos e subnutridos que não tem o que comer e morrem de desnutrição por ai! E veja isso, abandonando de vez a carne o seu coco passará a ter o aroma das flores do campo!… Senhora Deméter?

– Zzzzzzzzzzzz…. RONC… zzzzzzzzzz…

– Há! Beleza!

Após ter concluído sua missão Hypnos deu o fora o mais rápido que pôde e foi se esconder na sua casa, enquanto isso, no mundo fora do Olimpo as flores começavam a se fechar e a se recolher, como se elas também tivessem caído em um sono profundo, ao ver isso Hades olhou para Thanatos e sorriu:

– É agora!…

– O carro tá pronto, manda vê que eu cubro tua retaguarda!

– To vazando!

O deus dos mortos entrou em sua magnífica quadriga negra, ricamente decorada com imagens de ossos e crânios em metal e puxada por duas parelhas de cavalos negros e saiu em disparada para fora do submundo. Coré e Ciané nem faziam idéia do que estava para acontecer, apenas andavam pelo bosque, rindo e conversando:

– Miga, ouvi falar que tem um cara afim de você, é verdade?

– Ai Coré, tem vários afim de mim, qual deles?

– O tal do Anapo!

– Hahahaha, o Anapo é legal e tal, não sei se ele gosta mesmo de mim…

– E você, gosta dele?

– Bem, não sei sabe… Ah, sei lá…

– hihihihi

– hihihihi

Neste instante  Hades irrompeu por entre as arvores e, com um cavalo de pau de sua quadriga, parou diante das duas garotas que recuaram enquanto berravam de pavor:

– Seguinte! Coré, ce vem comigo, a outra ai pode dá o fora!

– QUE?

– Ce vem comigo!

Hades avançou com seu veículo contra as duas agarrando Coré pela cintura e arrastando-a para junto de si partindo em disparada pelo bosque. Ciané não desistiria facilmente da amiga então começou a correr atrás da quadriga o mais rápido que pôde, mas Thanatos surgiu diante da garota colocando uma mão em sua testa e parando-a:

– Foi mal, mas ce num vai a lugar nenhum…

Uma lágrima escorreu pelo olho de Ciané enquanto via uma fenda se abrir no solo e engolir sua amiga, neste instante a jovem ninfa se transformou em um rio de águas profundamente azuis, mas ali perto mais alguém assistia horrorizado ao que se passava, era Anapo que acabara de presenciar a morte de sua amada. O rapaz tentou intervir atacando Thanatos, mas não era páreo para um deus e foi derrotado facilmente. Thanatos ignorou o agressor que já não podia fazer mais nada e voltou para junto de seu senhor. Ao ver que não seria capaz de vingar a morte de Ciané e nem resgatar Coré, Anapo caiu de joelhos e começou a chorar até abrir mão da própria vida e também se tornar um rio, o rio Anapo que até hoje corre paralelo ao rio Ciané…

E o post de hoje fica por aqui! Espero que tenham gostado e voltem sempre, to saindo em viagem e volto na segunda, provavelmente terça feira vocês terão a continuação… Eu gostaria de declarar também que não tenho nada contra vegetarianos ou veganos em geral, mas que é chato quando eles começam a pregar, isso é…

– Espera!

– De novo?

– É!

– Que foi?

– Nada não…

– Palhaço…

Bom, fica de bônus duas imagens do rio Ciané e mais duas do rio Anapo:

O rio Anapo!

O rio Anapo!

E de novo o rio Anapo!

E de novo o rio Anapo!

Uma curiosidade é que Anapo significa “invisibilidade” em grego e isso se deve por grande parte do seu curso se dar no subsolo, como se até hoje Anapo buscasse Ciané no submundo!

O azul profundo do rio Ciané...

O azul profundo do rio Ciané...

O rio Ciané!

O rio Ciané!

Outra curiosidade é que a palavra Ciané deu origem a Ciano, um tom de azul! Os rios Ciané e Anapo correm por Siracusa, na Sicília, região da Itália.

Anúncios

Ações

Information

35 responses

24 07 2009
Ju

Oii!
Quem é Perséfone V? Acho que eu viajei aqui… mas td bem, abafa o caso.
Eu li até a metado do texto… eu vou ler td, calma!!! =D
Eu gosto muito dos teus textos, tem um vocabulário diferente…
os textos são diferentes… e bons, claro.
Tu gosta dessa parte da história grega? Bah!
Bem, que bom q tu também gostou do meu texto,
e dos desenhos, que fui eu sim que fiz, ficou uma encrenca. hahaha
Hã… eu vou colocar como seguidora do teu blog, tah.
Se quiser fazer o mesmo… sei lah.

=D

24 07 2009
Ju

Ahh colocar cm seguir e lah nas configuraçãoes…
tu faz faculdade? Eu começo dia 4, jornalismo.
acho que deve ser muito legal mesmo,
sempre amei comunicação, bem, ja deve ter notado isso neh,
não paro de falar…
história eu não gosto muito, tu faz gastronomia?
acho legal, apesar de q eu não sei cozinhar nada.

=D

24 07 2009
Vinicius Gabriel

Nossa cara, muito bom!
Apesar de estar enorme, ficou legal, como já li a quarta parte, tá meio que combinando.
Muito legal mesmo.
Abraço.

24 07 2009
Nity

HIAHIHIAHIAIHAIHAIHAIHAIH! Me racho de rir com as histórias, tu se supera papi =~~

24 07 2009
Lanvin

pqp ta se superando cara… parabéns! sem ofensas mas achei que nao tinha pregação mais chata que dos testemunhas de jeová… XD

continua que ta bom

24 07 2009
Digão

Putz, Hypnos apelão!! Se perfazer de testemunha de jeová e de vegano pregador não falha.

HUAhuAuHUAhuHAHUAuHUHUHAHUAU

24 07 2009
Eduardo MJ

gostei da parte do PETA
AEUhaeUHAEuehUAEHAEUhaEuHEUEHuHUAEHaahE

24 07 2009
Mana

Popô tá mandando bem nas histórias =~~

24 07 2009
Lorena

Testemunha de Jeová foi foda hahahahahahhha
Espectativa pra continuação !!
;*

24 07 2009
San

To aqui aflita pra sabe a continuação o.o
onde q vc foi q te levo um notbook hehehehe

ai senhor q lindos os rios *_*
quase chorei aqui
ao imaginar os 2 virando riios *_*

Adoreeeiii e mal posso esperar pelo proximo!

Bjo Popo =]

25 07 2009
Polly

po, pai!
muito bom! tu realmente tá se superando :p
;**

25 07 2009
Megumi

Caaara, rachei de rir! Principalmente na parte da testemunha de Jeová… Nada contra nenhuma religião, mas é um saco aquelas pessoas insistentes que acham que você só vai ser feliz se acreditar no Deus delas ._. Esperando a continuação!
PS, boa sorte com a Brasil telecom… é uma merda mesmo. Também usamos aqui…

27 07 2009
Oryon

Muito engraçada, mas tbm muito triste e kawaii no final! XD
Poseidon-sama, parabéns! \o/

gostei muito! *-*

27 07 2009
Paty Chibi Chan

¬¬ vc tinha que falar do peta neh XD~~

gostei mais do final ^^
começo meio confuso XD~~

27 07 2009
Diego Janjão

Nossa cara,você está fazendo um belo projeto, deixo a dica de quando você finalizar tudo, junte-as e faça um e-book!

27 07 2009
Tiago Dadazio

PERDI TUDO
TUDOOOOOOO!

27 07 2009
Carlos Horta

Camarada, gosto da forma como escreve, principalmente os diálogos. Parabéns pelo blog.

Abraço.

http://escondidin.blogspot.com/

27 07 2009
Inez

O texto está muito grande não tive pique de ler inteiro, embora eu goste do seu jeito de escrever, que além da criatividade é preciso conhecer pelo menos um pouco de filosofia.

27 07 2009
kikinhah

Gostei do diálogo, Mto bom…
Parabéns pelo blog.
BjOs^^

27 07 2009
Blog do Camelo

Olá,

Bacana o post, num entendo muito de arte, mas pelo o que eu li vc parece ser uma pessoa que além de curtir sabe muito bem escrever sobre … parabéns ai pelo blog …

27 07 2009
rosangela

Apesar de ser preguiçosa li todo o texto ..r srs

E adorei ando acompanhado esses Deuses!!! kkkkkkkkkkk

Abç

27 07 2009
Ichi

Falei que eu, lali, não comentaria mais aqui.
hohohoo!
HUAHEUAHEUHAE EU RI DA PARTE DOS VEGANS!!!
E o tartáro nem parece tão horrivel assim!
deverias ter pego uma parte mais horripilante e tal <333

Eu te amo muito Han.

28 07 2009
Lipe

Rapaz que bom que você compensou a demora com um post maior, tava cansado dos episódios curtinhos da novela B do SBT asuassahuuahsuhsauhasuhashuas

Vegetarianos são chatos mesmo, ainda mais os Veganos u.ú
aushhusahusahusahusahuaushus
valeu belo post Brother o/

28 07 2009
Rogerio Lima

Vou ser sincero em dizer que não tive paciência de ler isso tudo e tambem ando sem tempo!!! Outro dia passo por aqui e vejo se consigo acompanhar a história desde o princípio.

28 07 2009
Astréia

Oi!

Te agradeço em nome de Narciso, pelas suas palavras. A autoria do poema é dele mesmo. Achei inusidada – por isso muito legal – a sua interpretação do poema, meio, digamos, não tâo sensível, kkk.

Agredito que Narciso assim que puder passa aqui para te agradecer… 🙂

28 07 2009
Astréia

Voltando para te dizer que vi suas postagens agora e, que vc é um talento da mitologia cômica…rs

Muito bom, fiquei imaginando isso interpretado. Tenho que ler na íntegra!

28 07 2009
itamar

interessante apesar de eu meio que viajar na história, haha… mas ta massa, espero ter oportunidade de retoranar pra ler mais as anteriores…valew!

28 07 2009
Astréia

Os seus escritos jamais verão a luz do dia, ohoh ². Pena para nós leitores que ficaremos as escuras da curiosidade.

Gostei da parte do Tártaro, entre outras. Apesar do post ser grande, a leitura é agradável e prende o leitor. Sem contar que instiga a ir as fontes e, instrui de forma agradável.

Com relação a Fabrício Carpinejar, não conhecia. Obrigada pela dica e já o adicionei nos meus favoritos. Agora, me fala como faço para te seguir?

28 07 2009
Filipe

Agradecendo muito o comentário!!

http://wwwpicoledechuchu.blogspot.com

Passa lá!!!

DIGA NãO AO CALOTE!!

29 07 2009
Saori

Seu senso de criatividade é ótimo.
Me divirto mais a cada linha e leio devagar para durar, rezando para que não acabe.
Poste logo.
Quero saber o que Hades faz com Coré.
Quem sabe um dia eu não te sequestre assim e a Lali não vire um rio xDD~
Brincadeirinha.

29 07 2009
Dady

vou ser sincera eu não li o texto :X
mas é pq estou em horário d almoço *-*

mas oh pode ter certeza q vou se rsua seguidora, dessas hiostórias fantasticas beejoos

30 07 2009
Yasmin

Aii desculpa passar rapido por aqui, to sem tempo :T to de ferias 8) ai to com um monte de coisas pra fazer, te juro que quando der tempo venho e comento direitinho 🙂
mas pelo visto nos comentarios que eu li deve estar mtmt boa *-*
bj

30 07 2009
Ichi

HUAHEUAHEUAEHUAEH!

Espero que saiba nadar Saori XDDDDDDD~~~ ~~ ~~

Te amo amor.

Só meu :33333~~

7 08 2009
Luciana Mangas

muito legal! 😀 adorei o post! vou ler as outras partes!

beijão!

Luciana

•Tudo.ao.mesmo.tempo.agora• Filmes, séries, livros e entretenimento em geral

http://tdagora.wordpress.com

Twitter: http://www.twitter.com/lucianamangas

28 08 2009
Rubens Correia

Que imagem feia do demonio levando a alma, mas as outras imagens dos lugares que lindas, queria navegar nesses rios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: